top of page

Estratégia de contingencia!

Pivotar é quando você enxerga que o seu negócio pode e deve ser diferente para atingir o sucesso pelo qual está trabalhando. Você vê as falhas, verifica o que melhorar e muda a direção.




No Grupo Arezzo&Co, detentor de sete marcas (Arezzo, Schutz, Alexandre Birman, Anacapri, Fiever, Alme e Vans), uma das soluções encontradas foi transformar todos os funcionários, inclusive o CEO, em vendedores (sellers).


Eles se tornaram vendedores das marcas por meio de vouchers com descontos exclusivos, fazendo divulgação em suas redes, cada um na sua bolha, mas com um poder de disseminação por serem pessoas confiáveis para os seus contatos.


Em duas semanas, esse grupo vendeu R$ 1 milhão e a comissão virou um fundo de apoio aos vendedores das lojas que estavam sem remuneração completa por causa do fechamento do comércio físico.




O Grupo CRM (Kopenhagen, Brasil Cacau, Lindt e Kop Koffee) conseguiu pivotar e criar um plano que mudou a Páscoa, mesmo com todas as lojas fechadas. E seu negócio era predominantemente, baseado no ponto físico.


A CEO Renata Vichi implementou um plano que fortaleceu a relação entre o franqueado e o cliente e que teve como principal alvo mostrar ao consumidor que o produto poderia ir até ele. Uma das ações foi a parceria com serviços de delivery.


O trabalho de divulgação foi um grande diferencial, porque mostrou ao cliente que as vendas continuavam dando-lhe segurança. A Páscoa ia acontecer, tão inesquecível quando deveria ser.


O grupo também se preocupou em treinar, em poucos dias, os franqueados a usar as mídias sociais e o trabalho de micro influenciadores para fazer marketing e impulsionar as vendas.


A Digital Impulse faz com que o seu negócio use a internet para vender, ao contrário de ficar esperando para vender pela internet. São coisas muito diferentes!




4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page